27.9.11

(sem título)

Encara o branco como o branco te alveja ao ser notado.

Nenhum comentário: